Lote 199
Carregando...

Tipo:
Colecionismo

LOS VERSOS DEL CAPITÁN Obra de PABLO NERUDA, editora Napoli, 1ª edição, 1952. Assinado pelo autor, sob o pseudônimo "El Capitan". Editado por Paolo Ricci. Poesia, 177 páginas, 17cm x 25cm. "Los versos del Capitán" é o título de uma edição limitada de 44 exemplares do livro, cujo autor secreto é Pablo Neruda, e foi publicada em 1952 na Itália por Paolo Rossi, pintor e editor italiano. Nesta obra, o poeta chileno preferiu ocultar sua identidade, uma vez que estava se separando de sua antiga esposa, Delia del Carril, e iniciava um novo casamento com Matilde Urrutia, a quem os poemas são dedicados. No Prólogo, em carta fictícia redigida por "Rosalía de la Cerda", supostamente escrita em Havana, e enviada ao editor, a personagem conta ter recebido os poemas, escritos para ela, de um ex-combatente republicano da Guerra Civil Espanhola, que conhecera na fronteira com a França, e com quem havia vivido uma história de amor. Neruda em "Confesso que vivi", narra os detalhes deste episódio que originou a edição. Sua publicação foi assumida pelo Partido Comunista Italiano, na pessoa de 44 colaboradores. A obra é composta em papel marfim feito à mão, com ilustrações do editor. Em cada exemplar há dedicatória especial do poeta a um destes colaboradores: Luchino Visconti, Giulio Einaudi, Carlo Levi, Renato Gattuso, Salvatore Quasimodo, Elsa Morante, e outros. Entre eles está seu amigo pessoal, Jorge Amado. Este exemplar é o que aqui se apresenta. Livro em excelente estado de conservação, brochura, desgaste nas bordas. Miolo com pigmentação, corte com pigmentação. Edição limitada de 44 exemplares fora do comércio subscrita por amigos de Pablo Neruda estando impresso em cada exemplar o nome do subscritor. Este é o exemplar número 10 subscrito por Jorge Amado. Dedicatória em caneta verde na folha de rosto: "El Capitan Ao Jorge". De próprio punho, e com a mesma caneta verde, o poeta corrige um presumível pequeno erro na grafia de uma palavra, à página 31, e à página 170, acrescenta três versos que permanecerão nas edições posteriores do poema.

Peça

Visitas: 436

Tipo: Colecionismo

LOS VERSOS DEL CAPITÁN Obra de PABLO NERUDA, editora Napoli, 1ª edição, 1952. Assinado pelo autor, sob o pseudônimo "El Capitan". Editado por Paolo Ricci. Poesia, 177 páginas, 17cm x 25cm. "Los versos del Capitán" é o título de uma edição limitada de 44 exemplares do livro, cujo autor secreto é Pablo Neruda, e foi publicada em 1952 na Itália por Paolo Rossi, pintor e editor italiano. Nesta obra, o poeta chileno preferiu ocultar sua identidade, uma vez que estava se separando de sua antiga esposa, Delia del Carril, e iniciava um novo casamento com Matilde Urrutia, a quem os poemas são dedicados. No Prólogo, em carta fictícia redigida por "Rosalía de la Cerda", supostamente escrita em Havana, e enviada ao editor, a personagem conta ter recebido os poemas, escritos para ela, de um ex-combatente republicano da Guerra Civil Espanhola, que conhecera na fronteira com a França, e com quem havia vivido uma história de amor. Neruda em "Confesso que vivi", narra os detalhes deste episódio que originou a edição. Sua publicação foi assumida pelo Partido Comunista Italiano, na pessoa de 44 colaboradores. A obra é composta em papel marfim feito à mão, com ilustrações do editor. Em cada exemplar há dedicatória especial do poeta a um destes colaboradores: Luchino Visconti, Giulio Einaudi, Carlo Levi, Renato Gattuso, Salvatore Quasimodo, Elsa Morante, e outros. Entre eles está seu amigo pessoal, Jorge Amado. Este exemplar é o que aqui se apresenta. Livro em excelente estado de conservação, brochura, desgaste nas bordas. Miolo com pigmentação, corte com pigmentação. Edição limitada de 44 exemplares fora do comércio subscrita por amigos de Pablo Neruda estando impresso em cada exemplar o nome do subscritor. Este é o exemplar número 10 subscrito por Jorge Amado. Dedicatória em caneta verde na folha de rosto: "El Capitan Ao Jorge". De próprio punho, e com a mesma caneta verde, o poeta corrige um presumível pequeno erro na grafia de uma palavra, à página 31, e à página 170, acrescenta três versos que permanecerão nas edições posteriores do poema.

Informações

Lance

    • Lote Vendido
Termos e Condições
Condições de Pagamento
Frete e Envio
  • TERMOS E CONDIÇÕES

    1º O LEILOEIRO é nomeado pela Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro em obediência ao decreto Lei Federal nº 21981 de 1932 e a nova redação Lei nº13.138 de 26 de Junho de 2015 e obedece as normas da JUCERJA , Instrução Normativa DREI 17/2013 artigos 24 a 53, e as normas do CPC e da CGJ-RJ. O arrematante também sujeito as normas do Leiloeiro não se caracteriza CONSUMIDOR. As obras que compõem o presente LEILÃO, em exposição à Rua Buarque de Macedo, 72. Flamengo - Rio de Janeiro, foram espertizadas pelos ORGANIZADORES do LEILÃO que, solidários com os proprietários das mesmas, se responsabilizam por suas descrições, NÃO CABENDO AO LEILOEIRO essa responsabilidade. 2º Em caso eventual de engano na espertizagem de obras, comprovado por peritos idôneos, e mediante laudo assinado, ficará desfeita a venda, desde que a reclamação seja feita em até 5 dias após o término do leilão. Findo o prazo, não serão mais admitidas quaisquer reclamações, considerando-se definitiva a venda, e o Leilão poderá pagar o comitente. 3º As obras estrangeiras serão sempre vendidas como Atribuídas. 4º O Leiloeiro não é proprietário dos lotes, efetuando a venda em nome de terceiros (comitentes), que são responsáveis pela licitude e desembaraço dos mesmos. 5º Elaborou-se com esmero o catálogo, cujos lotes se acham descritos de modo objetivo. As obras serão vendidas NO ESTADO em que foram recebidas e expostas. Descrição quanto ao estado ou vícios decorrentes do uso serão efetuadas dentro do possível, mas sem obrigação de exatidão, pelo que se solicita aos interessados ou seus peritos prévio e detalhado exame até o dia do pregão. Depois da venda realizada não serão aceitas reclamações quanto ao estado das peças nem se admitirá alegação para descumprir o compromisso firmado. 6º O Leiloeiro percebendo erro na redação descritiva do lote, ou foto em desacordo com a peça, poderá cancelar o lote. 7º Os leilões obedecem rigorosamente à ordem do catalogo. 8º Ofertas por escrito podem ser feitas antes dos leilões, ou mediante autorização para lançar em seu nome; o que será feito por funcionário autorizado. Os lances e arremates pela Internet ou telefone, tem o mesmo valor legal que os feitos de forma presencial. Para os valores empatados prevalecerá quem lançar primeiro, ocorrendo também nos lances prévios, que chegaram primeiro. 9º O Leiloeiro colocará a título de CORTESIA, de forma gratuita e confidencial, serviço de arrematação pelo telefone, sem que isto o obrigue legalmente perante falhas de terceiros. 10º O Leiloeiro se reserva o direito de não aceitar lances de licitante com obrigações pendentes. Na Internet se desabilitara a lançar quem estiver nesta situação. 11º Adquiridas as obras e assinado pelo arrematante o compromisso de compra, NÃO MAIS SERÃO ADMITIDAS DESISTÊNCIAS sob qualquer alegação. 12º O arremate será sempre em moeda nacional. A progressão dos lances tem previa programação para facilitar o lance na Internet on-line; nunca inferior a 5% do anterior, e sempre em múltiplo de dez. Outro procedimento será sempre por licença do Leiloeiro; o que não cria novação. 13º Em caso de litígio no leilão prevalece a palavra do Leiloeiro. 14º As obras adquiridas deverão ser pagas e retiradas IMPRETERIVELMENTE em até 48 horas após o término do leilão, e serão acrescidas da comissão do Leiloeiro, (5%) . Não sendo obedecido o prazo previsto, o Leiloeiro poderá dar por desfeita a venda e, por via de EXECUÇÃO JUDICIAL, cobrar sua comissão e a dos organizadores 15º A entrega das mercadorias arrematadas será no local da Exposição, mediante pagamento. Para os arrematantes que não puderem recolher os lotes no local, colocamos por CORTESIA o serviço de embalagem e despacho por Empresa que o arrematante indicar, com prévio depósito do valor arrematado somado ao custo do despacho. Quando enviado pelos Correios será com seguro contra extravio com limite de valor do Correio. Desde já avisamos que toda remessa é de total responsabilidade do arrematante; estando o Leiloeiro e a administração do Leilão, desobrigados porta- afora do recinto do Leilão. 16º O descumprimento destas condições pelo arrematante que não poderá alegar desconhecimento, resultará na impossibilidade do mesmo alegar qualquer fim de direito, ficando eleito o foro do estado do Rio de Janeiro Comarca da Capital, por mais privilegiado que outro seja, para dirimir qualquer incidente alusivo à arrematação. David Levy, Leiloeiro Público, JUCERJA mat. 215

  • CONDIÇÕES DE PAGAMENTO

    A vista com acréscimo da taxa do leiloeiro de 5%.
    Através de depósito ou transferência bancária em conta a ser enviada por e-mail após o último dia do leilão.
    Não aceitamos cartões de crédito.

  • FRETE E ENVIO

    As despesas com retirada e remessa dos lotes, são de responsabilidade dos arrematantes. Veja nas Condições de Venda do Leilão.
    Despachamos para todos os estados.